Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Crimes

Após 38 anos, criminoso que matou menina de 8 anos é executado em prisão americana

Frank Atwood foi condenado em 1984 pelo assassinato de Vicki Lynne Hoskinson

Redação Publicado em 09/06/2022, às 16h40

O criminoso Frank Atwood foi executado na última quarta-feira - Divulgação
O criminoso Frank Atwood foi executado na última quarta-feira - Divulgação

Na última quarta-feira, 8, Frank Atwood, de 66 anos, foi executado em uma prisão estadual de Florença, no Arizona, Estados Unidos. O sujeito havia sido condenado pelo assassinato de uma menina de apenas 8 anos, em 1984. 

Segundo a Associated Press, Atwood morreu após receber uma injeção letal. Ele foi apenas o segundo acusado a ser morto desde que o Arizona voltou a retomar a execução de condenados à pena de morte — após um hiato de cerca de oito anos. 

A população do Arizona jamais esquecerá, uma criança inocente que teve a vida tirada de forma brutal e uma família que passou por décadas de sofrimento”, declarou o promotor de justiça do Arizona, Mark Brnovich, sobre a execução. 

O crime brutal 

Em 1984, a jovem Vicki Lynne Hoskinson havia saído de casa para ir de bicicleta até uma agência dos correios para enviar uma carta de aniversário para uma tia. No meio do percurso de volta, porém, ela encontrou Atwood

Em liberdade condicional na época — pelo sequestro de duas crianças —, o criminoso escondeu o corpo da jovem no deserto antes de fugir para o Texas. O cadáver só foi encontrado cerca de sete meses depois. 

Posteriormente, Frank Atwood acabou sendo detido e acabou confessando o assassinato de Hoskinson. A Suprema Corte dos Estados Unidos abriu caminho para a execução do criminoso após rejeição do recurso final pedido por seus advogados nas últimas semanas. 

Hoje nos lembramos de Vicki Lynne e nos colocamos ao lado de seus familiares e da população de Tucson ao darmos por encerrada a nossa busca por justiça”, completou Brnovich.