Notícias » Mali

Após 4 anos de sequestro, mulher é libertada no Mali

Informação foi revelada pelo governo no último sábado, 9

Redação Publicado em 10/10/2021, às 09h29

A mulher que foi alvo do sequestro
A mulher que foi alvo do sequestro - Divulgação/Twitter

Sequestrada por extremistas islâmicos no Mali em 2017, a freira Gloria Cecilia Narvaez, 57, finalmente viu o fim do episódio. No último sábado, 9, o governo do país revelou que ela foi libertada.

Gloria fora sequestrada há 4 anos por membros da Frente de Libertação de Macina. Conforme repercutido pelo portal de notícias G1, ela foi acusada pelos militantes de ter atuado na tentativa de converter muçulmanos. A informação específica foi passada por membros da Igreja.

No tempo em que esteve nas mãos dos extremistas, Gloria sabia da família através de correspondências que chegavam no local em que foi feita de refém nos últimos anos.

Esforços para libertar reféns

Foi assim também que soube da morte de sua progenitora, falecida aos 87 anos. Quanto ao estado de saúde atual de Gloria, não existem maiores informações quanto as condições físicas e muito menos se ela voltará à Colômbia.  

Assimi Goita, presidente do Mali, recebeu Gloria e disse através de um comunicado que as forças do país estão "fazendo todos os esforços para libertar todas as pessoas, locais ou estrangeiras, que estão sendo feitas reféns no território do Mali"