Notícias » Ciência

Após 50 anos em órbita, módulo lunar da missão Apollo 10 é localizado

Objeto tem um valor inestimável para a arqueologia espacial

Joseane Pereira Publicado em 12/06/2019, às 10h00

Astronautas da missão Apollo 10
Astronautas da missão Apollo 10 - Getty Images

Cinquenta anos após ter sido lançado ao espaço, cientistas acreditam que podem ter localizado o último módulo lunar remanescente das missões Apollo. Como um ensaio geral para o primeiro pouso na lua, a Apollo 10 foi lançada em maio de 1969.

O módulo lunar Snoopy levou a tripulação a 50.000 pés da superfície da lua. Após isso, os astronautas re-ancoraram com o módulo de comando Charlie Brown e o Snoopy se perdeu no espaço. Agora, uma equipe liderada pelo astrônomo Nick Howes diz que está 98% convencida de que identificou o módulo perdido - uma descoberta de 235 milhões para um.

Os primeiro esforços para encontrar o módulo perdido se deram em 2011, tendo à frente o astrônomo Nick Howes da Royal Astronomical Society.

Módulo lunar da Apollo 10 / Créditos: Reprodução

 

"Até que alguém chegue muito perto do módulo e obtenha um perfil de radar detalhado, não podemos ter certeza de que é ele", disse Howes durante a divulgação de seu trabalho no Cheltenham Science Festival, no Reino Unido. "Temos que esperar alguns anos para que ela volte, mas, quando voltar, teremos uma imagem realmente detalhada. Seria uma conquista fantástica para a ciência".

Mas qual seria o objetivo de resgatar o módulo Snoopy? “Do ponto de vista da arqueologia espacial, é interessante”, disse Howes. “É o único objeto que ainda está lá. O programa Apollo foi a maior conquista técnica na história da humanidade. Como um pedaço da história, um momento da história, este é um artefato único".