Notícias » Estados Unidos

Após cinco anos, mulher decide retirar denúncia contra Donald Trump

Summer Zervos alega que foi vítima de agressão sexual por parte do ex-presidente dos EUA

Penélope Coelho Publicado em 13/11/2021, às 09h41

Donald Trump e Summer Zervos
Donald Trump e Summer Zervos - Getty Images

De acordo com informações publicadas na última sexta-feira, 12, após cinco anos de processo, Summer Zervos decidiu desistir da ação que moveu contra Donald Trump.

A ex-participante do programa ‘O Aprendiz’ — que era conduzido pelo ex-presidente dos EUA — alegou ter sido vítima de agressão sexual, em 2007. Entretanto, Summer decidiu retirar sua denúncia de difamação contra o republicano.

"Após cinco anos (de procedimento), a Sra. Zervos não deseja mais ter uma disputa com o acusado (Donald Trump) e garantiu o direito de falar livremente sobre sua experiência", relevou a defesa de Summer, em entrevista à AFP.

Segundo informações da agência de notícias, o caso foi aberto em 2017. A mulher acusou Trump de tentar agarrá-la e beijá-la de maneira forçada. Na ocasião, o ex-presidente negou e chamou Zervos de “mentirosa”.

Até o momento, os advogados da moça não explicaram os motivos por trás da retirada do processo de difamação movido contra Trump. Sabe-se que nos últimos anos, o ex-presidente foi alvo de 20 acusações de agressão e assédio sexual.