Notícias » Rússia

Após condenação, Navalny convoca russos para protesto no Kremlin

Alexey Navalny, grande lider da oposição na Rússia, foi condenado na última terça-feira, 2, a três anos e meio de prisão

Giovanna Gomes Publicado em 03/02/2021, às 09h53

Alexey Navalny
Alexey Navalny - Wikimedia Commons

Alexey Navalny foi condenado na última terça-feira, 2, em Moscou a três anos e seis meses de prisão. O motivo seria, conforme informou a UOL, a violação de uma sentença imposta em 2014, a qual foi considerada sem fundamento pelo Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. Em resposta, o líder da oposição ao governo russo convocou uma manifestação ao redor do Kremlin.

"Vamos nos concentrar agora no centro de Moscou. Esperamos vocês na Praça do Manege. Venha!", escreveu sua equipe em um canal do aplicativo de mensagens Telegram.

O local escolhido fica próximo a três importantes localidades: além de estar bem em frente ao Kremlin, situa-se perto da Praça Vermelha e também da Duma, a Câmara dos Deputados. Assim, com a convocação, as autoridades logo organizaram um fortíssimo sistema de segurança.

Segundo a imprensa local, a Guarda Nacional teria mobilizado em torno de 400 oficiais para atuarem no local, além de que a polícia teria bloqueado o acesso tanto à Praça Vermelha quanto à prisão na qual se encontra Navalny. Também estações de metrô foram fechadas.

De acordo com a OVD-Info, 370 pessoas que se encontravam em torno do Tribunal Urbano de Moscou ontem acabaram sendo presas.