Notícias » Política

Após divulgação de vídeo pornográfico, candidato de Macron desiste de corrida à prefeitura

Com a viralização do material explícito, Benjamin Griveaux afirmou que precisa “proteger a família”

Redação Publicado em 14/02/2020, às 11h15

Benjamin Griveaux em sessão da Assembleia
Benjamin Griveaux em sessão da Assembleia - Getty Images

Após a divulgação de um vídeo pornográfico, Benjamin Griveaux, que concorria à prefeitura de Paris através do partido de Emmanuel Macron, anunciou o fim de sua candidatura. De acordo com o político, a decisão foi tomada com o objetivo de “proteger” os seus familiares após sofrer ataques. 

Em questão de minutos, o vídeo viralizou em sites e redes sociais. "Um site e as redes sociais divulgaram ataques infames que questionam minha vida privada. Minha família não merece isto".

A gravação, que também expôs troca de mensagens, apresenta uma mulher jovem que estaria envolvida com o político. Todavia, a autenticidade do material polêmico ainda não foi comprovada. 

Após lidar com “ataques infames (...) decidi retirar minha candidatura à eleição municipal parisiense", afirmou Griveaux num vídeo oficial gravado em Paris. 

O político do partido de Macron também afirmou que ele e a sua família foram alvos de comentários difamatórios, mentiras e até mesmo ameaças de morte durante mais de um ano.