Notícias » EUA

Após Donald Trump aceitar convite de Elizabeth II, relembre os presidentes norte-americanos que já visitaram a rainha no Reino Unido

O presidente dos EUA também aceitou participar de uma reunião com a primeira-ministra britânica Theresa May

Thiago Lincolins Publicado em 23/04/2019, às 10h09

None
- Getty Images

De acordo com um comunicado emitido pelo Palácio de Buckingham, o presidente dos EUA, Donald Trump, aceitou o convite da rainha Elizabeth II para fazer uma visita de Estado ao Reino Unido no mês de junho. O presidente será acompanhado pela primeira-dama, Melania Trump. "Esta visita de Estado reafirmará a relação firme entre os Estados Unidos e o Reino Unido", afirmou a Casa Branca em nota.

Além do encontro oficial com a rainha, que deverá ocorrer entre os dias 3 e 5 de junho, Trump também aceitou participar de uma reunião com a primeira-ministra britânica, Theresa May, em Londres. A agenda do presidente também confirmou a sua presença numa cerimônia em celebração aos 75 anos do notório Dia D (o ataque quase surpresa dos aliados na Normandia dominada pelas forças do eixo).

"A visita é uma oportunidade para fortalecermos nossa relação já próxima em áreas como comércio, investimento, segurança e defesa, além de discutirmos como podemos engrandecer esses laços no futuro", afirmou May em um comunicado oficial.


Muitos presidentes dos EUA já visitaram a rainha durante o seu reinado. Confira a lista: 

  • Em 1959, o presidente Eisenhower conheceu a monarca no Castelo de Balmoral.
  • John F. Kennedy jantou com a rainha e o duque de Edimburgo no Palácio de Buckingham em junho de 1961.
  • O terceiro encontro oficial ocorreu em fevereiro de 1969 quando Nixon almoçou com Elizabeth II e o duque de Edimburgo.
  • O presidente Reagan também visitou o Reino Unido em junho de 1982.
  • No ano de 1989 foi a vez do presidente George Bush particicipar de um almoço oficial.
  • Bill Clinton visitou a rainha duas vezes. Sendo o primeiro encontro em 1995 e o segundo em dezembro de 2000.

É a segunda vez que Trump encontra a rainha Elizabeth II. No ano passado, ele foi alvo de críticas na internet ao quebrar o protocolo mais de uma vez. Além de deixar a rainha esperando por mais de 10 minutos, o presidente também cometeu a gafe de cumprimentá-la sem se curvar. A situação piorou quando Trump caminhou à frente da rainha durante a vistoria da tropa de honra.