Notícias » França

Após esquiar na Suiça, franceses são isolados por ausência de teste negativo de covid-19

O departamento de Doubs, na região de Bourgogne-Franche-Comté, emitiu ordens de isolamento contra 48 franceses que estavam esquiando na Suíça

Giovanna Gomes Publicado em 04/01/2021, às 11h32

Estação de esqui
Estação de esqui - Getty Images

No último domingo, 3, o departamento de Doubs, na região da Bourgogne-Franche-Comté, determinou o isolamento de 48 franceses pelo fato de terem voltado da Suíça sem teste negativo para a Covid-19, ato obrigatório diante da pandemia do novo coronavírus.

“Cada ordem de isolamento é pessoal, contendo a identidade da pessoa e também o local onde será feito o isolamento, na maioria das vezes em casa”, declarou Jean Richert, que atua como vice-diretor da administração departamental.

O governo francês chegou a aconselhá-los a não esquiarem na Suíça, alertando acerca do isolamento de sete dias ao qual seriam submetidos caso o fizessem. 

“É preciso ter cuidado, sabemos que a Suíça foi extremamente afetada pela circulação do vírus e as pessoas que vão para esse país, principalmente durante as férias de inverno para esquiar, devem assumir as consequências para poderem voltar à condição regulamentar", disse Richert.

Durante o período determinado pelo departamento, ou seja, ao longo de sete dias, os turistas franceses somente poderão podem sair para comprar comida, passar em consultas médicas ou atender a intimações administrativas ou judiciais. Porém, o cenário pode mudar diante da apresentação de um teste negativo de Covid-19.