Notícias » Brasil

Após fratura, filhote de onça pode não voltar à natureza

Encontrada no interior de São Paulo, o animal precisou passar por cirurgia

Redação Publicado em 29/12/2021, às 14h51

Nala, a onça-parda resgatada
Nala, a onça-parda resgatada - Divulgação / G1

Um filhote de onça-parda levado há 20 dias para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas)  — que pertence ao Parque Ecológico da Cidade da Criança, em Presidente Prudente, São Paulo — muito provavelmente não poderá voltar à natureza.

Nala, que tem cerca de 60 dias de vida, nasceu com más formações pelo corpo e necessitou passar por uma cirurgia em uma das patas.

“É um animal que apresenta as perninhas de trás um pouquinho tortas”, declarou a veterinária Erica Silva Pellosi.

A profissional explicou também que a oncinha, infelizmente, ficará com algumas sequelas na pata operada, de modo que precisará se adaptar ao novo ambiente, além de receber cuidados especiais para com as lesões.

“Ela ainda está sendo amamentada. Logo a gente vai introduzir o manejo alimentar dela intercalando alimentação com as mamadeiras", explicou Erica ao portal de notícias G1. "Vamos entrar também com a fisioterapia nesses membros para ver se a gente consegue melhorar um pouco essa conformação dela, e ir acompanhando toda essa lesão e esses traumas que ela sofreu no decorrer do tempo".

De acordo com a fonte, Nala foi resgatada com uma grave fratura. Ela foi encontrada desnutrida em um canavial, na zona rural de Junqueirópolis, interior de São Paulo, no dia 29 de novembro. 

“A gente só cria hipóteses, mas provavelmente ela foi um animal que a mãe pode até ter abandonado justamente por conta dessas deformidades que ela tem, provavelmente deformidades congênitas, e ela acabou sofrendo um ferimento grave ou por um ataque de animal ou por um atropelamento ou por uma queda, por ser um animal ainda muito bebê", explicou a veterinária.