Notícias » Bizarro

Após fúria de vacas selvagens, praias em Córsega são fechadas

Antes acostumadas a dividirem a areia com humanos, a pandemia parece ter mudado a rotina dos animais

Redação Publicado em 29/08/2021, às 10h00

Gravação antiga mostra vacas em Córsega
Gravação antiga mostra vacas em Córsega - Divulgação/Vídeo/ABC7news/2017

Banhistas que frequentam praias localizadas em Córsega, França, encontraram um obstáculo inusitado. Acontece que os locais foram fechados após vacas selvagens, que frequentam as praias, partirem para o ataque de turistas e moradores.

Conforme repercutido pelo portal de notícias UOL, a presença dos animais não é novidade: pelo menos 15 mil dessas vacas andam por Córsega, contudo, a quarentena como consequência da covid-19 acabou por traumatizar os animais.

Isso porque as vacas não conseguem mais dividir espaço com os humanos e acabaram estranhando a presença após tanto tempo de isolamento. Para se ter ideia da gravidade, um homem acabou sendo atacado no pescoço enquanto curtia uma praia localizada em Lotu.

Gravação de 2017 mostra vacas em Córsega / Divulgação/Vídeo/ABC7news/2017

 

Ao mesmo tempo, de acordo com o The Times, turistas acabaram sendo perseguidos pelas vacas enquanto estavam numa rua movimentada, algo incomum. Já uma idosa acabou sendo atacada nas pernas enquanto realizava tarefas rotineiras em sua casa, localizada na aldeia de Lozzi.

Todavia, a medida extrema aconteceu no sul de Córsega: banhistas acabaram sendo proibidos de frequentar as praias após os animais se enfurecerem e arranharem carros e danificarem propriedades privadas.

Apesar de muitos turistas gostarem da presença das vacas, Córsega acabou colocando placas que alertam o possível ataque e pede que as pessoas não se aproximem dos animais - que estão claramente estressados.