Notícias » Brasil

Eduardo Bolsonaro sugere que o Oscar é uma forma da esquerda em “dominar a educação e a cultura”

Após indicação de Democracia em Vertigem, Bolsonaro também sugeriu que o documentário só concorre devido a seu viés ideológico

Redação Publicado em 15/01/2020, às 13h27

Foto de Eduardo Bolsonaro
Foto de Eduardo Bolsonaro - Getty Images

A indicação de Democracia em Vertigem ao Oscar na categoria de Melhor Documentário tem causado muita repercussão nas redes sociais. Desta vez, quem resolveu comentar sobre a escolha foi o deputado federal Eduardo Bolsonaro, do PSL-SP.

Em sua conta oficial no Twitter, Eduardo sugeriu que a indicação foi uma forma da esquerda em “dominar a educação e a cultura principalmente”.

O deputado também sugeriu que o documentário só participará da premiação devido a seu viés ideológico. “Essas indicações ao oscar não são a toa e não se engane, se fosse um documentário mostrando a maior manifestação de rua da história do Brasil (contra o PT do lulopetismo) jamais seriam indicados”.

O controverso tweet de Eduardo Bolsonaro / Crédito: Divulgação/Twitter

 

Vale lembrar que a premiação acontece no dia 9 de fevereiro, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Entre todos os indicados, nove produções baseadas em eventos reais concorrem ao prêmio.