Notícias » Estados Unidos

Após invadir o Parque Nacional de Yellowstone, mulher cai em fonte e sofre graves queimaduras

Fechada desde março por conta do coronavírus, a reserva natural é a mais antiga do mundo, abrigando as famosas nascentes de água quente

Alana Sousa Publicado em 13/05/2020, às 13h30

Uma das fontes termais do Parque Nacional de Yellowstone
Uma das fontes termais do Parque Nacional de Yellowstone - Wikimedia Commons

No Parque Nacional de Yellowstone, o mais antigo do mundo, uma mulher sofreu graves ferimentos após cair em uma das famosas fontes termais — nascentes que apresentam uma alta temperatura de água. A informação foi divulgada pelas autoridades do local; o acidente aconteceu na última terça-feira, 12.

Fechado desde março, por conta da pandemia do novo coronavírus, a americana invadiu a reserva natural sem que fosse vista. Após sofrer o acidente, ela afirmou aos guardas que queria tirar fotos. Ainda não se sabe o estado de saúde da mulher, que foi levada ao hospital rapidamente. A temperatura das fontes termais é de, em média, 76,5 ° C.

De acordo com o site oficial do parque nacional “as fontes termais feriram ou mataram mais pessoas em Yellowstone do que qualquer outro recurso natural”. O lugar atrai visitantes de todo o mundo e recebe cerca de 4 milhões de visitantes ao ano, sendo o sexto parque nacional mais popular.

Além das impressionantes fontes termais, a reserva abriga diversas espécies de animais selvagens, como ursos, lobos e alces. Seu território se estende por três estados dos EUA, sendo eles: Idaho, Montana e Wyoming.