Notícias » Ucrânia

Após invasão, Rússia destrói o maior avião de carga do mundo

Produzido na Ucrânia, o Antonov-225 Mriya foi alvo de ataques russos ao aeroporto Hostomel, Kiev

Redação Publicado em 27/02/2022, às 17h33

Registro antigo do avião
Registro antigo do avião - Divulgação/Vídeo

Um novo alvo da invasão da Rússia na Ucrânia, iniciada por Vladimir Putin na última quinta-feira, 24, é o Antonov-225 Mriya. Fabricado em território ucraniano, ele fora queimado durante um ataque ocorrido no aeroporto Hostomel, próximo de Kiev. 

As informações foram dadas pela Ukroboronprom, fabricante de armas estatal da Ucrânia e repercutidas pela Reuters.

"Os ocupantes russos destruíram o carro-chefe da aviação ucraniana — o lendário An-225 Mriya. Aconteceu no aeródromo de Antonov em Hostomel, perto de Kiev", explicou a companhia através do Facebook.

 Infelizmente, a restauração da aeronave é avaliada em mais de 3 bilhões de dólares, além do tempo amplo necessário para restaurar o avião. 

Divulgação/Vídeo

Vale ressaltar que a destruição da maior aeronave de carga do mundo também foi confirmada por Dmytro Kuleba, ministro das Relações Exteriores da Ucrânia através das redes sociais.

"Esta foi a maior aeronave do mundo, AN-225 'Mriya' ('Dream' em ucraniano). A Rússia pode ter destruído nosso ‘Mriya’. Mas nunca poderão destruir o nosso sonho de um Estado europeu forte, livre e democrático. Vamos prevalecer!", disse Dmytro.