Notícias » Alec Baldwin

Após investigação, polícia inocenta Alec Baldwin por morte de diretora

Em outubro de 2021, Halyna Hutchins foi atingida por um tiro acidental em set de filmagem; relembre o caso

Penélope Coelho Publicado em 22/04/2022, às 07h25

O ator Alec Baldwin em 2019
O ator Alec Baldwin em 2019 - Getty Images

Foi divulgado na última quinta-feira, 21, que o ator Alec Baldwin foi inocentado do caso que investigava a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, que ocorreu em outubro do ano passado.

Na ocasião, a mulher foi atingida por um disparo acidental no set de filmagem do filme de velho oeste ‘Rust’. O anúncio recente da inocência do artista foi realizado pelo advogado de Alec, através das redes sociais. As informações são do portal de notícias CNN.

“Somos gratos ao Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional do Novo México por investigar este assunto. Apreciamos que o relatório exonere o Sr. Baldwin, deixando clara sua crença de que a arma continha apenas munições falsas”, escreveu o defensor do ator.

Segundo revelado na reportagem, o advogado afirmou que as autoridades do Novo México, nos Estados Unidos, concluíram que Baldwin não era o responsável por cuidar dos elementos cenográficos para gravação do filme, o que incluía o revólver que tirou a vida da diretora de arte.

Relembre o caso

Em 21 de outubro de 2021, o gabinete do xerife do condado de Santa Fé, localizado no Novo México, Estados Unidos, declarou que o ator Alec Baldwin, de 63 anos, disparou uma arma durante as gravações do filme ‘Rust’, matando a diretora de arte Halyna Hutchins, de 42 anos, e deixando o diretor Joel Souza, de 48, ferido. O artista não sabia que a arma estava carregada.

Após o acidente trágico, o ator fez uma publicação nas redes sociais.

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza pelo trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e muito admirada colega nossa. Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu”, disse Alec