Notícias » China

Após meses desaparecido, dono do Alibaba 'ressurge' em vídeo

Jack Ma não era visto desde outubro do ano passado, dias depois de ter feito uma crítica ao sistema regulatório chinês

Fabio Previdelli Publicado em 20/01/2021, às 11h20

Fotografia do empresário chinês Jack Ma
Fotografia do empresário chinês Jack Ma - Divulgação/Youtube

No começo do ano, em 5 de janeiro, o AH noticiou que Jack Ma, um dos maiores empresários da China e fundador do Alibaba Group, não era visto desde outubro do ano passado. Uma de suas últimas aparições do magnata tinha sido no dia 17 daquele mês, em uma publicação na rede social chinesa Weibo.  

Uma das principais suspeitas por trás de tudo isso foi levantada pela agência Bloomberg. Crítico do sistema regulatório chinêsMa havia mostrado toda sua insatisfação durante uma conferência em Xangai, onde afirmou que o medo de supostos riscos pode sufocar a inovação. "Não há inovação sem riscos no mundo". 

Em resposta, o governo disse que as atividades de sua empresa eram monopolistas e exigiu que o Alibaba reduzisse suas operações no país. A partir disso, o Bloomberg especulou que o governo “perdeu a paciência com Ma”, e muitos viram seu sumiço como a gigante Pequim colocando seu poder e influência em ação.  

Entretanto, agora, segundo matéria publicada no G1, o influente magnata chinês apareceu em uma videoconferência com um grupo de professores rurais que foi organizada por sua fundação de caridade. Além da participação do empresário na reunião, um vídeo de 50 segundos também foi divulgado, mostrando Jack, em imagens datadas de 10 de janeiro, em uma visita a uma escola na China.  

Nas imagens da conferência, é possível vê-lo falando de uma sala com paredes cinza, uma grande pintura ao fundo e arranjos de florais ao seu redor. Apesar da aparição, não está claro de qual lugar o fundador da Alibaba falava. Porém, mesmo assim, as ações de sua empresa terminaram o dia em alta. 

Ainda não se sabe o motivo do sumiço de Jack, que não compareceu ao episódio final de um reality show do qual era jurado. Muito se especula se ele passou todo esse tempo escondido ou se tinha sido detido pelo Partido Comunista da China.