Notícias » Crimes

Após oito anos polícia inglesa encontra restos de homem que foi assassinado e desmembrado

"Foi um período bastante estressante para a família, mas esperamos que com os resultados possamos dar uma sensação de fechamento para eles", disse o detetive que investigava o caso

Fabio Previdelli Publicado em 14/11/2020, às 13h04

Policiais trabalham no canteiro de obras onde foram encontrados os restos mortais de Kevin Kennedy
Policiais trabalham no canteiro de obras onde foram encontrados os restos mortais de Kevin Kennedy - Divulgação/Polícia de Nottingham

Um crânio, partes de dois braços, mãos e maxilar, esses restos mortais foram encontrados perto de um canteiro de obras na cidade inglesa de Nottingham. Segundo a polícia local, o material genético dos membros pertence a um homem que foi assassinado há oito anos. Sabe-se que, a vítima, teve seu corpo desmembrado e seus restos foram enterrados em mais de um local.  

Segundo matéria publicada ontem, 13, no UOL, as partes foram encontradas em 28 de setembro, após as autoridades retomarem as buscas na região. A vítima, em questão, é Kevin Kennedy. A identificação do homem de 50 anos foi confirmada através de analises de DNA. 

Parte dos restos de Kevin já haviam sido identificados em 8 de agosto de 2012, em outra localização, mas, ainda assim, na mesma região britânica onde o crime foi cometido, cerca de três semanas antes.  

O responsável por tamanha atrocidade foi Peter Healy, que tinha 51 anos na época. Condenado, ele cumpre pena de 21 anos de prisão. Segundo a polícia local, os familiares de Kennedy já foram informados da descoberta e dos resultados.  

"Foi um período bastante estressante para a família, mas esperamos que com os resultados possamos dar uma sensação de fechamento para eles", disse o detetive Steve Wragg, que investigava o caso.  

No julgamento, que ocorreu em 2013, foi revelado que Peter confessou a um amigo que havia cometido o crime após uma briga. Ele era o ex-namorado de uma companheira de Kennedy. Também foi revelado que o criminoso matou Kevin a pancadas e, depois, retornou para desmembrá-lo e enterrar seus restos.