Notícias » Entretenimento

Após perder ação, ‘bebê do Nirvana’ abre novo processo

Spencer Elden alega ter sido vítima de pornografia infantil, ao aparecer nu na capa do disco ‘Nevermind’, aos 4 meses de vida

Penélope Coelho Publicado em 14/01/2022, às 08h30

Spencer Elden segurando disco 'Nevermind' em 2016
Spencer Elden segurando disco 'Nevermind' em 2016 - Divulgação/Youtube/John Chapple

No início deste mês Spencer Elden — o homem que quando bebê apareceu nu na icônica imagem de capa do disco ‘Nevermind (1991) da banda Nirvana — perdeu por falhas processuais, uma ação em que afirmava ser vítima de pornografia infantil.

Semanas depois, Elden decidiu entrar com um novo processo, em um tribunal de Los Angeles, pelo mesmo motivo. Segundo o homem — que agora tem 30 anos — seus pais não autorizaram o uso de sua imagem na cada do álbum.

"E menos ainda para a exploração comercial de sua pessoa com imagens de pornografia infantil”, dizem seus advogados.

De acordo com informações da agência de notícias AFP, publicadas na última quinta-feira, 13, Spencer pede 150 mil dólares de indenização, na ação movida contra 17 pessoas. Ele afirma que nunca recebeu pagamento pela foto.

Segundo revelado na reportagem, como resposta, a defesa argumenta que o jovem passou a vida toda “se aproveitando de sua fama como o autoproclamado 'bebê do Nirvana'”.