Notícias » Família Real Britânica

Após perder títulos, príncipe Andrew desativa redes sociais

O filho da rainha Elizabeth II é acusado de abuso sexual de menor

Penélope Coelho Publicado em 20/01/2022, às 09h42

Príncipe Andrew, em 2019
Príncipe Andrew, em 2019 - Getty Images

Após anúncio oficializado na última semana pela rainha Elizabeth II, de que seu filho príncipe Andrew havia perdido títulos militares em meio a acusações de abuso sexual, o homem desativou as redes sociais.

A página que antigamente era de seu Twitter, ‘@TheDukeOfYork’, atualmente não existe mais. Já as contas de seu Instagram e Facebook ainda estão ativas, porém, se tornaram privadas.

De acordo com informações publicadas na última quarta-feira, 19, pela agência de notícias AFP, fontes próximas informaram que as contas de Andrew não estão mais sendo usadas.

O filho da rainha — que também perdeu o direito de poder usar o título ‘Sua Alteza Real’ — enfrenta um processo nos Estados Unidos. A acusadora Virginia Giuffre afirma que foi vítima de Andrew, que teria cometido abuso sexual contra ela, quando a jovem ainda era menor de idade.

Giuffre acusa o príncipe de fazer parte do esquema do financista condenado por diversos crimes sexuais, Jeffrey Epstein, o duque nega. Sabe-se que ele perdeu na Justiça a tentativa de arquivar o caso.