Notícias » Brasil

Após polêmica, ex-embaixatriz pede cassação do mandato de Arthur do Val

"Você não tem noção do que o povo ucraniano está sofrendo", disse Fabiana Tronenko, ex-embaixatriz da Ucrânia no Brasil

Redação Publicado em 05/03/2022, às 12h00

A ex-embaixatriz Fabiana Tronenko
A ex-embaixatriz Fabiana Tronenko - Divulgação / Twitter / @FabianaTronenko

Na última sexta-feira, 4, a ex-embaixatriz da Ucrânia no Brasil, Fabiana Tronenko, solicitou aos deputados estaduais de São Paulo que cassem o mandato do parlamentar Arthur do Val (Podemos-SP) depois que foram vazados aúdios nos quais o político diz que as mulheres ucranianas "são fáceis, porque são pobres".

Em vídeo publicado em seu perfil no Twitter, Fabiana chamou o pré-candidato a governador de "cretino" e "vagabundo" e pediu que o mesmo tenha respeito pelas mulheres. Arthur do Val, também conhecido como Mamãe Falei, esteve na Ucrânia junto aRenan Santos, um dos dirigentes do MBL (Movimento Brasil Livre), nos últimos dias.

Você não tem noção do que o povo ucraniano está sofrendo (...) Deus que livre o governo de São Paulo de ter um governador como você, porque você é uma vergonha", declarou a ex-embaixatriz, conforme informações do UOL.

"Como brasileira, ex-embaixatriz da Ucrânia, mãe de uma jovem ucraniana, peço aos deputados estaduais e às autoridades de SP a cassação do mandato do Arthur do Val por crime contra a honra das mulheres ucranianas neste momento de tanto sofrimento", escreveu Fabiana em outra publicação.

Em apoio à ex-embaixatriz, a deputada Janaína Paschoal(PRTB), quem é colega do parlamentar na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), declarou que o comportamento do político não representa a Casa. "Não seremos lenientes diante dessa vergonha internacional", escreveu Paschoal.


Vídeo de desculpas

Pouco tempo depois de retornar ao Brasil, na manhã deste sábado, 5, Arthur do Val publicou um vídeo em seu canal no Youtube com o título "Pedido de desculpas". Na gravação, ele comenta o fato de que, em suas redes sociais, foi acusado de realizar turismo sexual, ao gravar os comentários sobre as mulheres ucranianas.

"É claro que isso arrasa qualquer pessoa. Mas, nesse caso específico eu acho que é ainda pior porque eu acabei de voltar para o Brasil", iniciou o deputado. "Eu tive a experiência mais transformadora que eu já vivi (...) E isso está sendo colocado como se eu tivesse ido arriscar a minha vida para fazer turismo sexual."

Em seguida, do Val ainda confirma, novamente, a autoria das gravações vazadas. "Os áudios são meus. Você quer falar que os áudios são escrotos? São. São machistas? São. Eu acho que, se eu pudesse resumir, aquilo é um moleque", afirmou o deputado.

Confira, abaixo, o vídeo de pedido de desculpas de Arthur do Val na íntegra: