Notícias » Brasil

Após posicionamento de Bolsonaro, Centrão discute possível pedido de impeachment

A motivação dos partidos está relacionada ao discurso do presidente durante as manifestações no Dia da Independência

Redação Publicado em 08/09/2021, às 07h20 - Atualizado às 08h15

Fotografia de Jair Bolsonaro
Fotografia de Jair Bolsonaro - Getty Images

De acordo com informações publicadas pela CNN na tarde da última terça-feira, 7, partidos do chamado Centrão decidiram consultar suas bancadas para discutirem a adesão de um pedido de impeachment para o presidente do Brasil,Jair Bolsonaro.

A decisão está relacionada ao discurso do político (sem partido) durante as manifestações em apoio ao governo que aconteceram ontem, 7, no Dia da Independência do Brasil.

Na ocasião, o presidente afirmou que não irá acatar as decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes e ameaçou o STF.

“Ou o chefe desse poder enquadra o seu ou esse poder pode sofrer aquilo que nós não queremos", afirmou Bolsonaro.

Segundo revelado na reportagem, após tais ameaças golpistas, líderes de partidos como Solidariedade, MDB e o PSDB afirmaram que irão debater uma possível abertura para o pedido de impeachment.