Notícias » Brasil

Após prazo ter expirado, mulher aciona Procon afirmando que é a ganhadora da Mega-Sena

No final de março, uma fortuna de 162 milhões de reais ficou parada esperando que o ganhador reclamasse o prêmio; agora, a vencedora exige o pagamento da loteria

Alana Sousa Publicado em 25/04/2021, às 11h00

Imagem meramente ilustrativa de cartelas de loteria
Imagem meramente ilustrativa de cartelas de loteria - Divulgação/Pikist

O prêmio da Mega-Sena de 162 milhões de reais expirou em 31 de março deste ano sem que nenhum ganhador se apresentasse para reclamar a fortuna. Agora, quase um mês depois, uma mulher afirma que é a vencedora da bolada.

Segundo informações do portal UOL, a brasileira procurou o Procon na última sexta-feira, 23, apesar do prazo já ter expirado. De acordo com as regras da Caixa Econõmica Federal, o ganhador tem 90 dias para retirar o prêmio, após a data o dinheiro é destinado a outros fins.

De acordo com o Procon, a Caixa tinha a obrigação de notificar o vencedor da loteria: “A Caixa tem como identificar quem é o ganhador. E queremos apurar se esse consumidor que nos procurou é efetivamente quem venceu o sorteio", disse Fernando Capez, diretor da executivo de Procon. “É inconcebível que a Caixa saiba quem é o vencedor e não o comunique”, acrescentou.

Em sua defesa, a Caixa alegou em comunicado que "de acordo com a Lei 13.756/2018, cabe exclusivamente ao apostador solicitar o recebimento de prêmios de loterias em até 90 dias. A lei estabelece, ainda, que todo prêmio não reclamado no prazo seja repassado ao Fies (Fundo de Financiamento Estudantil)”.