Notícias » Entretenimento

Após processo, Disney afirma que Scarlett Johansson lucrou com a exibição de ‘Viúva Negra’ no streaming

Recentemente, a atriz abriu uma ação alegando quebra de contrato, a Disney nega as acusações. Entenda o caso!

Penélope Coelho Publicado em 30/07/2021, às 09h33

Scarlet Johansson
Scarlet Johansson - Getty Images

Em resposta ao processo que a atriz Scarlett Johansson abriu contra a Disney, alegando quebra de contrato pela exibição do filme ‘Viúva Negra’ (2021) no streaming da plataforma, a empresa rebateu a protagonista do longa e divulgou valores que ela supostamente teria faturado. As informações são do UOL.

De acordo com a Disney, Scarlett recebeu até o momento R$ 100 milhões pelo filme, segundo a companhia, o valor deve se tornar ainda mais alto.

“A liberação de 'Viúva Negra' no Disney+ com Premier Access melhorou significativamente sua capacidade de ganhar uma compensação adicional, além dos US$ 20 milhões (R$ 100 milhões na cotação atual da moeda) que ela recebeu até agora", afirmou porta-voz da Disney.

A resposta aconteceu após a atriz norte-americana, de 36 anos, alegar em uma ação que perderia dinheiro com a exibição do filme na plataforma de streaming Disney+. De acordo com a intérprete, seu contrato com a Marvel assegurava que ‘Viúva Negra’ estaria somente nos cinemas, já que grande parte de seu salário viria das bilheterias.

Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, além dos cinemas, o filme também foi liberado para exibição na plataforma, por R$ 69,90 através do "Premier Access” do Disney+.

De acordo com o porta-voz da Disney, tal processo é “especialmente triste e angustiante em seu desrespeito cruel pelos horríveis e prolongados efeitos globais da pandemia de Covid-19”.