Notícias » Estados Unidos

Após promessa feita em 1992, homem divide prêmio de loteria com amigo

O acordo foi feito somente verbalmente e com um aperto de mãos, mas isso não impediu o cumprimento do pacto generoso

Vanessa Centamori Publicado em 24/07/2020, às 16h47

Tom Cook e Joseph Feeney posam com suas esposas segurando o prêmio
Tom Cook e Joseph Feeney posam com suas esposas segurando o prêmio - Wisconsin Lottery/Divulgação

No ano de 1992, uma dupla de amigos fez um acordo bastante generoso de camaradagem: caso algum deles ganhasse na loteria, o prêmio seria dividido entre os dois. A promessa foi feita só de modo verbal e com um aperto de mãos, entretanto, 28 anos depois, Tom Cook deu sorte grande e pagou a parte do amigo Joe Feeney.

A amizade da dupla tem mais de 30 anos e ambos vivem em Winconsin, Estados Unidos. Superando as poucas chances matemáticas (uma em 292 milhões), Tom conquistou uma fortuna de 22 milhões de dólares (cerca de R$ 115 milhões). Ele subiu no pódio ao lado do amigo, que ficou sabendo da vitória por meio de uma inesperada ligação telefônica. 

A amizade fez cada um faturar 7 milhões de dólares (aproximadamente R$ 36 milhões), já descontados os valores dos impostos. O fiel Tom se aposentou após ganhar o dinheiro, enquanto que o outro camarada já era aposentado. 

"Parabéns a Tom, Joe e suas famílias", declarou a diretora da Loteria de Wisconsin, Cindy Polzin . "O poder da amizade e um aperto de mão valeram a pena. Estou emocionada por eles. O dia de sorte deles chegou".