Notícias » Brasil

Após publicar foto de cliente 'fantasiado' de goleiro Bruno, funcionário de bar é afastado

O caso aconteceu em uma casa de shows de Manaus

Pamela Malva Publicado em 04/11/2021, às 14h00

Fotografia do homem vestindo a polêmica 'fantasia'
Fotografia do homem vestindo a polêmica 'fantasia' - Divulgação/ @poraodoalemao

Na última segunda-feira, dia 1º, um funcionário do Porão do Alemão, uma casa de shows em Manaus, publicou a imagem de uma polêmica "fantasia" nas redes sociais do estabelecimento. Logo em seguida, segundo o G1, o jovem foi afastado de seu cargo.

Acontece que, conforme repercutido pelo site da AH, a foto mostrava um cliente do bar vestindo uma camiseta do Flamengo com o nome "Bruno" nas costas. Em suas mãos, o homem carregava um saco de lixo estampado com o nome "Eliza", fazendo referência ao assassinato da modelo Eliza Samudio, crime ocorrido em meados de 2010.

Não demorou até que a imagem viralizasse nas redes sociais, por trazer uma apologia ao crime de feminicídio. Tamanha foi a repercussão do caso que, segundo o UOL, o cliente "fantasiado" de goleiro Bruno acabou sendo demitido de seu emprego como tatuador em um estúdio de Manaus.

Logo em seguida, foi a vez do jovem responsável pela publicação do bar. Em posicionamento oficial, o Porão do Alemão afirmou que, após apagar a foto, afastou o funcionário de seu posto, já que não “compactua com a apologia a qualquer crime”.

“A foto foi postada pelo nosso estagiário, que tem 20 anos de idade", pontuou o estabelecimento. "O crime foi há cerca de 11 anos. Foi alegado desconhecimento, e a nossa moderação imediatamente ao ver a foto, apagou e advertiu o responsável."

Pouco depois, Juliana Lima, a proprietária do local, publicou um vídeo nas redes sociais do bar, pedindo desculpas pelo ocorrido. "No momento em que eu soube, excluí a postagem e pedi que os responsáveis localizassem o rapaz e providenciassem a saída dele do estabelecimento, e foi o que aconteceu. Ele foi retirado”, explicou ela.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Porão do Alemão (@poraodoalemao)

 

“A pessoa que fez a postagem foi afastada das atividades do porão”, pontuou. "Passei a noite reunida com meu jurídico também. Se tem algo que posso garantir a vocês é que, se depender da gente, o rapaz vai ser punido sim”, narrou, referindo-se ao cliente.

Agora, segundo explicou o delegado Rodrigo Barreto, titular da 4ª Seccional Oeste, ao G1, o homem "fantasiado" de goleiro Bruno será intimado a comparecer ao 21º DIP, onde será ouvido e, depois, deverá assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de apologia ao feminicídio, respondendo à Justiça em liberdade.

Para a deputada estadual Joana Darc, que registrou um boletim de ocorrência contra o homem "fantasiado" no 19º Distrito Integrado de Polícia de Manaus, o caso “traz uma reflexão do quanto a gente tem que lutar contra esse tipo de atitude que normaliza os crimes que são cometidos contra mulheres”.

“Não é frescura, não é mimimi, mulheres morrem todos os dias e mulheres são agredidas a cada minuto e a gente precisa combater isso", afirmou a deputada, ainda segundo o G1. "Isso é uma postura que a gente tem pra mostrar que atitudes como essa não serão toleradas e devem ser repudiadas."