Notícias » Reino Unido

Após quatro anos, Big Ben voltará a tocar no Réveillon

O marcante sino do cartão postal londrino não ecoa desde 2017, última vez que foi badalado

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 22/12/2021, às 10h50

Imagem do Big Ben por trás de grades
Imagem do Big Ben por trás de grades - Getty Images

O relógio da torre do Parlamento britânico, mundialmente conhecido como Big Ben, voltará a ter seu sino tocado após quatro anos em silêncio; à meia noite do próximo dia 1º de janeiro, o som do instrumento metálico de 13,7 toneladas ecoará em 12 batidas para anunciar a chegada ao ano seguinte, 2022.

O período em silêncio se deve a paralização da circulação dos funcionários que operavam o sino desde 2017, em decorrência de obras de restauração em todo o parlamento, localizado em Londres. A reforma ainda não foi concluída, mas contará com um mecanismo temporário para realizar a função das batidas apenas para a noite do Réveillon.

Apesar da exceção especial para a virada de ano, os londrinos e turistas não poderão acompanhar de perto a festa completa que acompanhou o badalar dos sinos em anos anteriores; o tradicional show de fogos de artifício às margens do rio Tâmisa foi cancelado pelo segundo ano consecutivo em decorrência da crise sanitária causada pelo novo coronavírus.

A previsão da retomada do funcionamento completo do Big Ben está marcada para a primavera do Hemisfério Norte, quando o sistema original, que data da Era Vitoriana, voltará a funcionar de acordo com a sinalização do relógio, fazendo o sino ecoar ao passar dos dias.