Notícias » Espaço

Após revisão em estudo, expectativa para encontrar vida microbiana em Vênus diminui

A versão atualizada da pesquisa confirma a presença de fosfina na atmosfera do planeta, mas a quantidade é sete vezes menor do que se pensava

Redação Publicado em 20/11/2020, às 14h23

Planeta Vênus
Planeta Vênus - Divulgação / NASA

Em setembro desse ano, um grupo internacional de cientistas havia anunciado a descoberta da presença de fosfina na atmosfera de Vênus, considerado um indicativo importante para a presença de vida. Contudo, uma revisão nesse estudo trouxe resultados mais desanimadores.

De acordo com reportagem publicada nesta sexta-feira, 20, pelo G1, a nova versão da pesquisa publicada no site da Cornell University, de Nova York, indica a existência do gás, contudo, a grande mudança está na quantidade — que se mostrou ser cerca de sete vezes menor do que a estimativa anterior.

Os cientistas descobriram um erro de processamento no conjunto de dados de um dos telescópios que estava sendo usado durante a observação do planeta e resolveram revisar a pesquisa, com isso, descobriram que os níveis de fosfina em Vênus seriam cerca de uma parte por bilhão.

Segundo os cientistas isso indica somente uma "assinatura espectral de fosfina”. Através de seu Twitter, Sara Seagers, pesquisadora envolvida no estudo afirmou que agora os dados "recalibrados são menos ruidosos do que o original".

Sobre Vênus

Esse planeta é o segundo mais próximo do Sol e o que mais pode se aproximar da Terra. Sabe-se que Vênus tem o tamanho e a massa muito parecidos com os da Terra. Seu nome foi dado na Roma Antiga, em homenagem à Vênus, deusa romana do amor. 

O planeta está a uma distância de 108.200.000 quilômetros do Sol. Apesar de ser o segundo planeta mais próximo do Sol (o primeiro é Mercúrio), Vênus é o mais quente de todos. Isso porque a atmosfera por lá é 93 vezes mais densa do que a da Terra.

O planeta também conta com grandes planícies, montanhas e pelo menos 1600 vulcões. Sabe-se que sua superfície é composta principalmente por basalto e rocha de origem vulcânica.