Notícias » Entretenimento

Após série de polêmicas antivacina, Eric Clapton faz show em estabelecimento com vacinação obrigatória

Guitarrista quebrou o posicionamento com performance do último sábado, 18

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/09/2021, às 11h11

Eric Clapton durante apresentação
Eric Clapton durante apresentação - Getty Images

O guitarrista Eric Clapton fez um show no Smoothie King Center, em Nova Orleans, nos Estados Unidos, no último sábado, 18. O evento chamou a atenção por ter quebrado o posicionamento antivacina do músico, observado desde o começo da pandemia do novo coronavírus.

O estabelecimento em que o show aconteceu segue as normas de segurança da cidade, nas quais devem ser apresentadas provas de ao menos uma dose contra covid-19 ou um teste negativo feito nas 72 horas anteriores, conforme a Rolling Stone. O cliente também deve usar máscara de proteção. 

Clapton manifestou-se contra a exigência de apresentar provas de vacinação para entrar em estabelecimentos em julho de 2021, quando o Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson anunciou a necessidade de cartões de imunização para entrada em boates e shows. “Eu me reservo o direito de cancelar a apresentação”, jurou.

"Seguindo o anúncio do PM [primeiro-ministro] na segunda, 19 de julho de 2021, sinto-me na obrigação de manifestar algo," disse o artista. "Gostaria de dizer que não me apresentarei em qualquer palco onde exista um público discriminado presente. Se não for permitida a entrada de todas as pessoas, tenho o direito de cancelar o show."

O juramento antivacina foi acompanhado de outras polêmicas ao longo da pandemia, como a parceria com Van Morrison para lançar a música anti-lockdown 'Stand and Deliver', além de ‘The Rebels’, e a sua própria 'This Has Gotta Stop'. 

Erictambém foi contra a vacinação quando falou sobre os supostos efeitos que teve quando tomou o imunizante. O artista afirmou que teve reações “desastrosas” e criticou a “propaganda [que] dizia que a vacina era segura para todos”, como destacou o portal NME.