Notícias » Religião

Após tapa em fiel, Papa Francisco começa o ano com pedido de desculpas

Enquanto cumprimentava cristãos na Praça de São Pedro, o Santo Padre foi surpreendido com um episódio que viralizou nas redes sociais

Redação Publicado em 02/01/2020, às 11h29

Papa Francisco durante cerimônia no Vaticano
Papa Francisco durante cerimônia no Vaticano - Getty Images

No último dia de 2019, o papa Francisco cumprimentava fiéis na Praça de São Pedro, no Vaticano, quando foi surpreendido por uma mulher que agarrou o seu braço. Irritado com a situação, o Sumo Pontífice da Igreja Católica tentou se afastar da barreira de proteção presente no local. Sem sucesso, deu um tapa na mão da religiosa. 

Ao sair do episódio com a feição emburrada, o vídeo do exato momento viralizou nas redes sociais. Enquanto muitos internautas criticaram a atitude do papa, outros afirmaram que a reação do pontífice foi normal. Todavia, Francisco se pronunciou sobre a insólita situação. 

O exato momento em que o papa é puxado pela mulher / Crédito: Divulgação

 

Durante a primeira missa do ano, realizada ontem, 1, na Basílica de São Pedro, a santidade afirmou que "Muitas vezes perdemos a paciência. Eu também. Peço perdão pelo mau exemplo de ontem". O Santo Padre também aproveitou o momento para pedir e a defesa da paz e refletiu sobre a violência contra as mulheres nos dias atuais. 

Incomodado com a situação, Papa Francisco sai da praça com a feição emburrada / Crédito: Divulgação

 

"O renascimento da humanidade começou pela mulher. Se quisermos tecer de humanidade a trama dos nossos dias, devemos recomeçar da mulher. No seio de uma mulher, Deus e a humanidade uniram-se para nunca mais se deixarem. Em Deus, há a nossa carne humana e para sempre Maria será a Mãe de Deus".