Notícias » Bizarro

Após uma série de relações fracassadas, brasileiro resolveu "namorar" com boneca realística

O empresário Joaquim Gabriel, pagou 10 mil reais pela parceira e conta que foi a melhor decisão que tomou para "resolver a carência"

Alana Sousa Publicado em 07/12/2020, às 11h30

Imagem meramente ilustrativa de uma boneca realista
Imagem meramente ilustrativa de uma boneca realista - Divulgação/Pixabay

A desilusão amorosa pode ser dolorosa. Em alguns casos mais intensos, as pessoas resolvem largar de vez essa busca pela “pessoa certa”. Para o empreendedor de São Paulo, Joaquim Gabriel, após uma série de relacionamentos mal sucedidos, ele finalmente encontrou algo que o satisfaz: uma boneca realística. A informação foi divulgada pelo portal TAB UOL.

O homem tomou a decisão após ver seu noivado ir por água abaixo. Neste ano, com a chegada da pandemia, ele voltou a morar com a mãe, que sofre com condições médicas graves, então não podia arriscar de sair para se encontrar com alguma pretendente.

“Não tenho tempo para sair, conhecer pessoas. Minha mãe não aceita a companhia de uma cuidadora, e eu estou em uma etapa profissional muito importante. A maneira mais segura que encontrei para resolver a carência foi a boneca”, explica Joaquim.

Nomeada de Scarlet, a boneca é feita de material cyber skin  — desenvolvido pela NASA. Assim, o objeto mantém uma sensação mais realística do que as famosas bonecas infláveis. “[...]A minha tem 38 kg, 1,65m, já pesei e medi. Não é uma boneca leve para movimentar na cama, mas pelo menos você pode vestir com roupas de mulher. Eu acho que, no fim, saí ganhando”.

Gabriel conta que desembolsou cerca de 10 mil reais por sua companheira, e que decidiu comprar no Brasil mesmo, pois, analisou as despesas que teria importando de fora e não valia a pena.

Pouco mais de um mês com a Scarlet, o empresário afirma que é o que ele buscava — e sexo não é tudo que ela lhe oferece. “Geralmente, coloco saia, porque a calça é muito justa, e ponho a lingerie, obviamente; um pingentezinho e brincos de pressão. Quando preciso usar, sento ela, para começar a brincadeira”. E acrescenta que fica também “abraçadinho com ela, namorando, não necessariamente rola um contato sexual”.

Se esse novo relacionamento vai durar ele ainda não pode dizer, mas que nas condições atuais, Scarlet preenche tudo que uma mulher de verdade poderia oferecer, ele diz. “Não busco mais uma companheira para casamento. Até posso sair com alguém para tomar um café ou almoçar, mas sexo eu prefiro com a Scarlet”.