Notícias » Arqueologia

Coliseu turco? Arena onde ocorria luta de gladiadores é revelada na Turquia

Local datado da era romana tem sido desenterrado lentamente desde outubro de 2020

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/04/2021, às 08h00

Fotografia aérea da arena, que ainda tem a maior parte de sua extensão escondida sob a colina
Fotografia aérea da arena, que ainda tem a maior parte de sua extensão escondida sob a colina - Divulgação / Prof. Mehmet Umut Tuncer / Aydın Diretor Provincial de Cultura e Turismo

Nesta terça-feira, 20, o Live Science publicou uma entrevista com os arqueólogos que encontraram na Turquia uma arena da era romana, um espaço onde ocorriam lutas de gladiadores com leões e outros animais selvagens. 

A construção foi descoberta nas colinas da província turca de Aydin, no oeste do país. Os pesquisadores ficaram de outubro a dezembro de 2020 cortando a vegetação que escondia o local de 1.800 anos, e desde então começaram a explorá-lo. 

Sedat Akkurnaz, que é o arqueólogo liderando o projeto, e Mehmet Umut Tuncer, que é o diretor de Cultura e Turismo da província de Aydin, enviaram informações sobre a descoberta ao Live Science.

Nele estimaram que o anfiteatro histórico, embora esteja consideravelmente soterrado, teria capacidade para abrigar 20 mil pessoas em seu passado.

Também é válido notar que muito da estrutura do lugar permaneceu preservada ao longo dos séculos: "É sólido, como se tivesse acabado de ser construído", afirmaram eles ainda. 

Fotografia aérea de trecho da arena / Crédito: Divulgação/ Prof. Mehmet Umut Tuncer / Aydın Diretor Provincial de Cultura e Turismo

 

Os especialistas determinaram que a arena, que é localizada na região correspondente à antiga cidade romana de Mastaura, foi construída durante a Dinastia Severa (193 - 235 DC), período que o local era “desenvolvido e rico”.

"Não há nenhum exemplo anterior de tal anfiteatro na Anatólia (também conhecido como Ásia Menor) e seus arredores imediatos", relataram os estudiosos com exclusividade à Live Science. “Pessoas de cidades vizinhas estavam vindo para a cidade de Mastaura para assistir aos grandes eventos neste prédio, especialmente projetado para shows sangrentos”.