Notícias » Coreia do Norte

Mais lidas: Armas nucleares podem eliminar Coreia do Sul, diz irmã de Kim Jong-un

A fala se deu após o ministro da Defesa sul-coreano ter anunciado a possibilidade de realizar um ataque preventivo contra o Norte

Redação Publicado em 05/04/2022, às 10h29 - Atualizado em 10/04/2022, às 08h00

Kim Yo Jong
Kim Yo Jong - Getty Images

Kim Yo Jong, a irmã de Kim Jong-un, afirmou nesta terça-feira, 5, que a Coreia do Norte irá usar suas armas nucleares para "eliminar" o exército da Coreia do Sul caso o país vizinho realize um ataque preventivo.

A fala, publicada pela imprensa estatal, é uma resposta a uma declaração feita pelo ministro da Defesa sul-coreano, Suh Wook, na última sexta-feira, 1°.

Na ocasião Suh disse que seus militares têm mísseis capazes de atingir "com rapidez e precisão" qualquer alvo na Coreia do Norte quando forem detectados sinais claros de um lançamento de promovido por Pyongyang.

Conforme informou a agência de notícias oficial KCNA, Kim Yo Jong considerou um "erro muito grande que o 'lunático' Suh tenha planejado um ataque preventivo contra uma potência nuclear".

"Caso a Coreia do Sul escolha um confronto militar conosco, nossa força de combate nuclear terá que cumprir seu dever", disse a irmã do líder norte-coreano, de acordo com o portal de notícias UOL.

Kim Yo Jong destacou que "primeira missão" do arsenal nuclear de deu país é ser uma força de dissuasão. No entanto, caso seja iniciado um conflito, as armas poderão ser utilizadas para "eliminar as Forças Armadas do inimigo". Nesse caso, segundo ela, as forças sul-coreanas terão um "destino miserável, que não será outro exceto a destruição total e a ruína".