Notícias » Naufrágios

Arqueólogos acreditam ter encontrado o naufrágio mais antigo da História, de 3.600 anos de idade

Encontrada próximo à costa de Antália, na Turquia, a embarcação continha 1,5 tonelada de cobre

Letícia Yazbek Publicado em 17/04/2019, às 09h15

None
Reprodução

Especialistas do Departamento de Pesquisa Subaquática da Universidade de Antália podem ter encontrado o mais antigo naufrágio do mundo. Com cerca de 3.600 anos, a embarcação data da Idade do Bronze.

A descoberta foi feita a cerca de 50 metros da costa da cidade de Antália, na Turquia. O barco de 14 metros de comprimento, feito de madeira, continha 1,5 tonelada de lingotes de cobre.

“A partir da tipologia do lingote, determinamos que o naufrágio foi de um dos navios mercantes do século 16 a.C.”. afirmou o arqueólogo Hakan Oniz. Os pesquisadores utilizaram um sonar e fizeram varreduras tridimensionais para determinar a quantidade e as características das barras a bordo.

A embarcação continha 1,5 tonelada de lingotes de cobre / Reprodução

Pesquisas preliminares indicam que o cobre veio de minas localizadas na ilha de Chipre, e estava sendo levado para a costa do Mar Egeu ou para a ilha de Creta quando o barco naufragou. “Ele provavelmente foi pego no meio de uma tempestade enquanto viajava”, afirma Oniz.

Segundo o arqueólogo, a Universidade de Antália planeja formar uma equipe com especialistas locais e internacionais para um projeto de cinco anos para investigar melhor o naufrágio.

Se a datação for confirmada, o navio será a embarcação comercial mais antiga já encontrada. O naufrágio de Uluburun, também encontrado na costa de Antália, datado de 1400 a.C., era anteriormente considerado o mais antigo naufrágio conhecido do mundo.