Notícias » Europa

Arqueólogos encontram restos perfeitamente fossilizados de carruagem romana enterrada com dois cavalos

Acredita-se que a descoberta tenha sido parte de um ritual funerário para famílias romanas extremamente ricas

Fabio Previdelli Publicado em 17/10/2019, às 13h22

Imagens da descoberta
Imagens da descoberta - Novosti.hr

Um grupo de arqueólogos encontrou os restos fossilizados de uma carruagem romana enterrada com dois cavalos. Acredita-se que o achado tenha sido parte de um ritual funerário suntuoso para famílias romanas extremamente ricas, que viveram há quase 2 mil anos.

A descoberta foi feita na Croácia por pesquisadores do Museu da Cidade de Vinkovci e do Instituto de Arqueologia de Zagreb, conforme informou a agência de notícias croata Novosti.hr.

Parte do crânio do cavalo / Crédito: Novosti.hr


O curador Boris Kratofil disse à imprensa local que a descoberta decorre de uma antiga tradição funerária ligada às famílias ricas e importantes. "O costume está associado a famílias extremamente ricas que desempenharam um papel de destaque na vida administrativa, social e econômica da província da Panônia".

Já o diretor do Instituto de Arqueologia, Marko Dizdar, classificou a descoberta como sensacional e única. "Dentro de alguns anos, saberemos um pouco mais sobre a família cujos membros foram enterrados nesta área há 1.800 anos".

Arqueólogos escavando o local / Crédito: Novosti.hr


Dizdar também quer descobrir se os cavalos seriam criados ou não dentro do império. "Isso nos dirá mais sobre a importância e a riqueza desta família. Conseguiremos isso através da cooperação com instituições domésticas e numerosas da Europa".