Notícias » Arqueologia

Arqueólogos descobrem fornos e muros próximos a esfinges no Egito

As estruturas foram encontradas durante obras de restauração na importante estrada egípcia de Kebbash

Vanessa Centamori Publicado em 01/07/2020, às 09h58

Fornos circulares encontrados no Egito
Fornos circulares encontrados no Egito - Divulgação/Ministério Egípcio de Turismo e Antiguidades

A antiga estrada Kebbash, no Egito, abriga mais de 1,2 mil esfinges e no tempo dos faraós ligou o Grande Templo de Karnak até o santuário de Luxor. Recentemente, uma impressionante descoberta foi feita no local: estruturas que datam do fim do Império Romano. 

As informações foram anunciadas na semana passada pelo Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito, segundo informou a Smithsonian Mag. De acordo com a publicação, as descobertas incluem muros e vários fornos, revelados durante obras de restauração. 

Parede encontrada durante as escavações /Crédito: Divulgação/Ministério Egípcio de Turismo e Antiguidades

 

Os pesquisadores acreditam que os fornos, de formato arredondado, eram usados para aquecer vasos de cerâmica e fabricar tijolos. O muro, por sua vez, era uma estrutura grandiosa fabricada com esses tijolos artesanais do Império Romano. 

Havia ainda uma parede de arenito que se estendia quase que de um templo ao outro, percorrendo uma distância de cerca de três quilômetros. Acredita-se que a barreira foi construída para proteger as margens orientais do rio Nilo de inundações sazonais.