Notícias » Arqueologia

Arqueólogos descobrem relíquias em Abadia medieval da Inglaterra

Embora a pesquisa tenha sido adiada devido ao coronavírus, os arqueólogos já desfrutam de um grande conhecimento sobre o local

Nicoli Raveli Publicado em 30/04/2020, às 10h21

Local de uma suposta igreja medieval
Local de uma suposta igreja medieval - Divulgação

Recentemente, um grupo de arqueólogos do Reino Unido se uniram para estudar a fundo a Abadia de Anglesey, uma relíquia medieval na Inglaterra, construída durante o reinado de Henrique I.

A equipe do projeto Unearthing Our Past (Desenterrando o Nosso Passado, em tradução livre), iniciado em março, se deparou com dois buracos cavados no jardim da Abadia. A primeira cavidade foi dedicada aos estudos sobre a suposta presença de uma igreja medieval. Lá, foram encontrados pedaços da parede da capela e diversos vitrais datados do século oito.

Abadia de Anglesey, na Inglaterra / Crédito: Divulgação

 

Na segunda, estudos geofísicos revelaram a possível existência de uma passagem coberta entre a mansão e o santuário. Ademais, acredita-se que uma base feita de pilares era utilizada como um suporte de escadas dentro da igreja.

Devido a revelação de cadeados e até mesmo peças de louças, os arqueólogos acreditam que a residência também foi ocupada durante os séculos 16 e 17. As descobertas – somadas a informações anteriores – faz com que a história medieval se torne cada vez mais precisa.

“Apesar de o projeto ter sido interrompido devido ao surto de coronavírus, a escavação nos deu uma visão realmente tentadora da sobrevivência e da complexidade da igreja medieval em Anglesey”, afirmou Shannon Hogan, arqueólogo do National Trust. Ele acrescentou ao dizer que a equipe tem mais conhecimento e informações sobre o local e planos interessantes para desenvolver pesquisas arqueológicas no futuro.

Pedaço da suposta parede da igreja medieval / Crédito: Divulgação 

 

Ailenn Connor, gerente sênior de projetos da Oxford Archeology Ltd, alegou que assim como milhares de outros visitantes, sente uma conexão especial com a Abadia de Anglesey.