Notícias » Arqueologia

Arqueólogos descobrem um dos maiores assentamentos de todos os tempos

A colina localizada na Escócia foi povoada no século 3 depois de Cristo

Penélope Coelho Publicado em 15/05/2020, às 11h37

Assentamento antigo na Escócia
Assentamento antigo na Escócia - Divulgação

Segundo pesquisadores da Universidade de Aberdeen, o morro de Tap o 'Noth, na Escócia foi um dos maiores assentamentos da Europa. Para os estudiosos, esse local abrigou possivelmente mais de 4 mil pessoas - que viveram em mais de 800 cabanas, no alto da colina.

A pesquisa foi realizada através de datação por radiocarbono, os resultados sugerem que o forte tenha sido habitado no século 3 d.C, possivelmente feito por um povo celta que viveu naquela região da Escócia entre os períodos da Idade do Ferro até o início da Idade Média. O local apresenta um forte retangular no cume da colina, com escombros que chegam a 15 metros.

Pedra localizada no morro Tap o 'Noth / Crédito: Divulgação 

 

Revelações 

Os arqueólogos estão fazendo uma longa busca pelo local desde 2011, até finalmente descobrirem o lado histórico das colinas neste ano. Para o professor e líder da pesquisa, Gordon Noble, as descobertas foram as mais surpreendentes de sua carreira:

“A descoberta de Tap O 'Noth sacode a narrativa de todo esse período [...] É realmente alucinante e demonstra o quanto ainda precisamos aprender sobre.”, afirma o professor.

Para o líder do conselho do condado de Aberdeenshire, Jim Gifford, esse achado revela uma nova importância histórica para a Escócia, afirmando que no futuro ele espera que visitantes de todo mundo possam conhecer o local com segurança, a fim de explorar esse grande assentamento antigo.