Black Friday Amazon 2021
Notícias » Arqueologia

Arqueólogos encontram 29 esqueletos com mais de mil anos no Peru

25 dos indivíduos pertenceriam à cultura mochica, enquanto os demais seriam da civilização wari

Redação Publicado em 26/10/2021, às 09h01

Um dos esqueletos encontrados
Um dos esqueletos encontrados - Divulgação / vídeo / AFP

Recentemente, um grupo de arqueólogos encontrou 29 ossadas de indivíduos que viveram há mais de mil anos em Huaca Santa Rosa de Pucala, na região costeira de Lambayeque, no Peru.

Entre os achados estavam os restos mortais de três crianças, que se revelaram peças fundamentais para auxiliar pesquisadores a entenderem a história de uma civilização anterior aos incas: a wari.

Restos mortais encontrados na região costeira de Lambayeque / Crédito: Divulgação / vídeo / AFP

 

O local onde foram encontrados os esqueletos, que fica 750 quilômetros ao norte de Lima, seria, de acordo com os especialistas, um antigo centro cerimonial.

Segundo informações do portal de notícias G1, três crianças e um adolescente que foram sepultados na frente do templo teriam sido sacrificados às divindades dos waris. No entanto, esta é a primeira vez em que arqueólogos encontram indícios da presença desta cultura em uma região tão distante de sua principal área de influência.

Outro exemplar dos achados / Crédito: Divulgação / vídeo / AFP

"Essas descobertas nos permitem repensar a história da região de Lambayeque, especialmente as ligações com as ocupações wari e mochica na área”, afirmou Edgar Bracamonte, líder das escavações.

Segundo ele, das 29 ossadas, 4 pertenciam a indivíduos wari, enquanto as demais seriam da era mochica. Estes últimos teriam vivido entre 100 e 700 DC na costa norte do Peru.

Ossada encontrada na região / Crédito:Divulgação / vídeo / AFP

 

Já a cultura wari habitou a região central dos Andes peruanos entre os séculos 7 e 13, sendo que o local dos sepultamentos, que possui o curioso formato da letra 'D', foi construído no século 9.