Notícias » Arqueologia

Arqueólogos encontram ânfora conservada no fundo de mar croata

Os pesquisadores localizaram mais dois vasos antigos usados para armazenar vinho durante o mergulho

Isabela Barreiros Publicado em 05/11/2020, às 07h00

Ânfora descoberta na Croácia
Ânfora descoberta na Croácia - Divulgação - Kantharos

Um mergulho realizado por arqueólogos no mar que banha as Ilhas Pakleni, na Croácia, mais especificamente a Hvar, revelou uma ânfora, que é um vaso muito antigo, e outros dois recipientes usados no passado para armazenar vinho, que datam do período entre os séculos 3 e 5. 

Os objetos da antiguidade tardia foram recuperados muito bem preservados por Tea Katunarić Kirjakov, arqueólogo subaquático e professor da Academia de Artes da Universidade de Split. 

Crédito: Divulgação - Kantharos

 

Ele explicou: “A equipe do Instituto acompanha há muitos anos e notou que existem pratos antigos. Com a erosão de Posidonia, uma ânfora antiga que foi preservada veio à tona”. “Examinando o terreno, encontramos mais dois jarros antigos totalmente preservados. Um é um jarro de mesa e o outro é para coar o vinho. Também encontramos vários fragmentos de ânforas ao redor”, disse.

Análises realizadas nos itens demonstraram que seu interior era revestido por resina. O material foi usado em vez de cerâmica porque, como ela é porosa, fazia com que o líquido contido no recipiente vazasse facilmente. 

“Nosso objetivo era verificar se existe uma ânfora completa ou restos de naufrágio, porém neste levantamento do terreno ainda não pudemos especificar tal coisa. Será necessário tomar outra atitude e olhar nas partes mais profundas do fundo do mar para ver se as ânforas rolaram lá”, concluiu Kirjakov.