Notícias » Arqueologia

Na Bolívia, arqueólogos encontram itens ritualísticos raros da civilização Tiwanaku

A civilização, que existiu antes do Império Inca prosperar, afundava oferendas no lago Titicaca

Caio Tortamano Publicado em 26/11/2019, às 08h00

Artefatos encontrados no fundo do lago Titicaca, na Bolívia
Artefatos encontrados no fundo do lago Titicaca, na Bolívia - Divulgação/ Teddy Seguin

Durante uma expedição no lago Titicaca, situado na fronteira entre o Peru e a Bolívia, pesquisadores localizaram itens usados em oferendas ritualísticas para divindades, até então, inéditos. Essas oferendas pertenceram a civilização Tiwanaku, que se estabeleceu no local e foi próspero antes da chegada dos Incas, no século 12 d.C.

Entre as oferendas, foram encontrados lhamas sacrificadas, ornamentos em ouro e prata e incensos. Pesquisadores da Universidade de Oxford constataram que os itens datam do período entre 500 e 1.100 d.C, 500 anos antes da chegada dos Incas.

Artefatos encontrados no fundo do lago Titicaca, na Bolívia / Divulgação: Teddy Seguin 

 

Os itens, encontrados no fundo do lago, provavelmente foram colocados de maneira proposital. E são importantes para expandir o conhecimento já existente a respeito dos rituais e tradições do povo Tiwanaku.

Âncoras encontradas perto dos achados indicam que foi dessa maneira que as oferendas submergiram. O estudo também indica que esses povos afundavam as oferendas a partir de barcos.