Notícias » Império Romano

Arqueólogos encontram moeda romana rara na Inglaterra

É a segunda moeda já encontrada que exibe o rosto de Leliano, um antigo usurpador romano

Thiago Lincolins Publicado em 21/05/2019, às 10h56

None
Crédito: Reprodução/ Highways England

O reparo da A14, uma estrada nacional da Inglaterra, revelou uma raridade do Império Romano. Arqueólogos encontraram uma moeda que apresenta o rosto do imperador Úlpio Cornélio Leliano, conhecido como Leliano, que fundou o Império das Gálias.

O Império Gálico se formou a partir da divisão de algumas províncias do Império Romano entre os anos 260 e 274. Leiliano teve um reinado breve: ficou no comando de fevereiro a junho de 269. “(...) Leliano foi um usurpador contra o Império Romano e fundador do Império das Gálias. Sua revolta durou aproximadamente 90 dias entre o fim de fevereiro e início de junho de 269”, afirma a obra Leliano - Na Numismática Romana.

O objeto descoberto durante as obras apresenta o imperador com uma coroa radiante. É a segunda vez que os arqueólogos encontram uma moeda que apresenta vestígios do soberano.

"Os imperadores romanos tinham interesse ​​em cunhar moedas”, explica Julian Bowsher, especialista da MOLA Headland Infrastructure, companhia envolvida em alguns dos projetos de infraestrutura mais significativos do sul da Inglaterra. "O fato de que uma delas chegou às costas da Grã-Bretanha demonstra uma eficiência notável e existem chances de Leliano ter sido morto quando a moeda chegou no Condado de Cambridge".

As escavações também foram responsáveis pela descoberta de um mamute da Era do Gelo e raras evidências da fabricação de cerveja em 400 a.C.