Notícias » Egito Antigo

Arqueólogos encontram restos de touros sacrificados no templo do poderoso faraó Ramsés II

Durante as escavações realizadas por um time Universidade de Nova York, os pesquisadores encontraram cabeças e ossos dos animais

Paola Churchill Publicado em 14/04/2020, às 14h15

Escavações em Abydos
Escavações em Abydos - Divulgação

Escavações recentes, realizadas por arqueólogos da Universidade de Nova York, revelaram depósitos com cabeças e ossos de touros sacrificiais datados do período ptolemaico no sudoeste do Templo de Ramsés II, em Abydos.

Ramsés II (1303-121 a.C.) foi o terceiro faraó da Décima Nona Dinastia do Egito e é considerado por muitos historiadores o maior e mais poderoso líder do Novo Reino.

Artefatos encontrados durante as escavações/Crédito: Divulgação 

 

A pesquisa foi feita através do árduo trabalho do arqueólogo Sameh Iskander e revela que foram encontrados dez grandes depósitos anexados ao templo. Esses lugares serviam como celeiros para manter outras ofertas de rituais.

As escavações também foram responsáveis por recuper pequenos modelos de ferramentas de construção feitas de cobre, vasos de cerâmica, pedras de quartzo ovaladas e placas com o nome do faraó pintadas de azul ou verde.

Iskander acredita que a numerosa quantidade de touros de sacrifício revela que o templo era um “Lugar sagrado”. "Este é um testemunho da vívida memória de Ramsés II na mente egípcia, mil anos após seu reinado" afirma o pesquisador.