Notícias » Arqueologia

Arqueólogos identificam um dos maiores cemitérios megalíticos da Polônia

Os pesquisadores descobriram sete tumbas que tem ao menos 5.500 e afirmam: mais uma dúzia ainda poderá ser encontrada na região

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 01/03/2021, às 13h25

Imagem das escavações em Debiany
Imagem das escavações em Debiany - Divulgação/Shutterstock - Irina e Denis

Próximo da vila de Debiany, na Polônia, arqueólogos descobriram o que está sendo considerado um dos maiores cemitérios megalíticos do país. O portal local The First News foi responsável por divulgar a descoberta impressionante.

Foram descobertas sete tumbas que possuem pelo menos 5.500 anos. No entanto, eles afirmam que é muito provável que encontrem ao menos mais uma dúzia de enterros na mesma região, que fica perto da cidade polonesa de Sandomierz.

Marcin M. Przybyla, um dos arqueólogos envolvido nas escavações, disse em entrevista à  Polish Press Agency: "Parece que um dos maiores cemitérios megalíticos da Polônia foi descoberto em Debiany".

"Infelizmente, quase todos os restos mortais e seus pertences foram removidos das tumbas quando o cemitério ainda estava em uso", explicou o pesquisador. Ele acrescenta: "Este era um comportamento ritual, e muitas vezes encontramos seus resultados em cemitérios da mesma época.”

Os especialistas informaram ainda que as paredes dos túmulos eram diferentes do que geralmente era visto em tumbas megalíticas no norte da Polônia, feitas de pedras. Neste caso, elas foram construídas com postes de madeira, uma novidade na descoberta.