Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arqueologia

Arqueólogos identificam vestígios romanos em antiga cidade da Itália

Recentemente, arqueólogos italians descobriram na antiga cidade romana de Vibo Valentia uma série de vestígios referentes aos romanos; confira!

Antigos vestígios romanos descobertos na Itália - Divulgação/Soprintendenza ABAP per la città di Reggio Calabria e Vibo Valentia
Antigos vestígios romanos descobertos na Itália - Divulgação/Soprintendenza ABAP per la città di Reggio Calabria e Vibo Valentia

Recentemente, arqueólogos da Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagem da Itália descobriram, em meio a escavações no Parque Arqueológico Urbano de Vibo Valentia, vestígios referentes aos antigos romanos que ali viveram.

Conforme descrito pelo Heritage Daily, Vibo Valentia foi estabelecida há milênios, servindo inicialmente como uma colônia grega chamada Hipponion, no século 7 a.C. O município se encontra hoje na região da Calábria, na Itália.

Descoberta

Conforme divulgado em comunicado no Facebook da Superintendência ABAP da cidade de Reggio Calabria e Vibo Valentia, durante escavações recentes os arqueólogos encontraram vestígios arquitetônicos de uma antiga domus romana (uma habitação privada) e também de um complexo termal com piscina submersa.

Conforme divulgado em comunicado no Facebook da Superintendência ABAP da cidade de Reggio Calabria e Vibo Valentia, durante escavações recentes os arqueólogos encontraram vestígios arquitetônicos de uma antiga domus romana (uma habitação privada) e também de um complexo termal com piscina submersa, revestida com mármore colorido e em uma ampla sala decorada com nichos, colunas e estátuas de mármore.

Achados feitos em Vibo Valentia / Crédito: Divulgação/Soprintendenza ABAP per la città di Reggio Calabria e Vibo Valentia
Achados feitos em Vibo Valentia / Crédito: Divulgação/Soprintendenza ABAP per la città di Reggio Calabria e Vibo Valentia

Alguns objetos que chamaram mais atenção já foram transferidos para o Museu Arqueológico Nacional “Vito Capialbi”, em Vibo Valentia. "A estratigrafia investigada, os achados recolhidos e as técnicas de alvenaria dos elementos arquitetônicos que descobrimos, permitem-nos datar o sítio num período entre a Época Republicada Tardia (2 e 1 a.C.) e a Era Imperial (entre os séculos 2 e 3 d.C.)", descrevem em comunicado.

Entre os achados, se destaca uma estátua representando a deusa grega Ártemis (cujo equivalente romano é Diana), deusa associada à caça, à natureza e aos animais selvagens, ao parto, ao cuidado dos filhos e à castidade.

Os resultados da nossa escavação não só enriquecem o patrimônio histórico e cultural da cidade de Vibo Valentia, mas também representam um importante recurso para a comunidade e uma potencial atração para o turismo cultural", pontuam, por fim, os pesquisadores.