Notícias » Pré-História

Encontrada a pintura figurativa mais antiga do mundo

Imagem de bovino tem 40 mil anos e foi localizada em uma caverna na Indonésia

Mariana Ribas Publicado em 08/11/2018, às 10h16 - Atualizado às 11h32

A pintura rupestre mais antiga do mundo encontrada em Bornéu
Reprodução/Luc-Henri Fage

Um desenho avermelhado, desfigurado e desgastado, que possivelmente retrata uma espécie bovina selvagem chamada Bantengue (Bos javanicus), típica do sudeste da Ásia. Esta é a figura rupestre mais antiga do mundo, que acaba de ser localizada na caverna Lubang Jeriji Saléh, em Bornéu indonésio.

A arte data do período paleolítico, e os investigadores dizem que a pintura tem 40 mil anos. É provável que o animal desenhado tenha virado comida para o artista rupestre. São 8 mil anos antes das imagens na caverna de Chauvet (França), traidiconalmente vista como o primeiro exemplo de arte figurativa, com os primeiros desenhos datando de 32 mil anos atrás. Imagens anteriores, como as na Cueva del Castillo (Espanha), mostram impressões de mãos e padrões geométricos.

A gruta onde a pintura foi encontrada é local de varias outras pinturas antigas, entre impressões de mãos e ilustrações artísticas que evidenciam a caça e a vida do período, algumas com mais de 37 mil anos, segundo a revista científica Nature. A pintura do selvagem Bantengue foi criada pelo menos 5 mil anos antes das outras ilustrações rupestres vizinhas na ilha indonésia de Sulawesi.