Notícias » Arqueologia

Artefatos de 2,1 mil anos: depósito de armas romanas é descoberto em ilha da Espanha

Facas, projéteis, pontas de flechas, ferramentas cirúrgicas, entre outros objetos, estão entre os artefatos encontrados

Redação Publicado em 04/08/2021, às 13h45

Local encontrado
Local encontrado - Divulgação/Universidade de Alicante

Em julho deste ano, uma equipe de arqueólogos espanhóis encontrou um depósito repleto de armas que datam do século 100 a.C. A descoberta impressionante se deu no sítio arqueológico de Son Catlar, que fica na ilha de Menorca, na Espanha. 

O que surpreendeu os especialistas foi o bom estado de conservação em que foram encontrados os artefatos.

Estes incluem facas, projéteis, pontas de flechas e de lanças, ferramentas cirúrgicas, entre outros objetos, os quais foram enviados ao Museu de Ciutadella, que participou das buscas junto às universidades de Alicante, Cádiz, Granada e Murcia.

Materiais encontrados no depósito de armas / Crédito: Divulgação/Universidade de Alicante

 

De acordo com os arqueólogos, os itens impressionantes estavam enterrados num local que continha uma porta selada, a qual era utilizada como uma forma de defesa contra ataques, algo muito comum na cultura púnica.

“Os soldados romanos eram muito supersticiosos e costumavam realizar ritos”, disse, em nota, Fernando Prados, pesquisador da Universidade de Alicante. “Os romanos davam um valor sagrado às portas das cidades, e selá-las definitivamente implicaria certas ações de natureza mágica", explicou o especialista.