Notícias » Arqueologia

Artefatos de 5 mil anos são expostos em Atenas pela primeira vez

Tesouros encontrados perto do Mar Egeu datam de 3200 e 2100 a.C. atrás, e revelam detalhes sobre a vida dos ancestrais da região

Alana Sousa Publicado em 26/05/2021, às 14h00

Artefatos em exibição na Grécia
Artefatos em exibição na Grécia - Divulgação/Ministério da Cultura da Grécia

Pela primeira vez em exposição para o público, tesouros do mar Egeu de Keros e Daskalio, datados entre 3200 e 2100 a.C., podem ser conferidos de perto na Galeria Municipal de Atenas, na Grécia.

Conforme informou o Greek Reporter, os artefatos foram encontrados em 2019 e pertencem aos povos das primeiras ilhas das Cíclades. Intitulada ‘Des Apenanti - Um assentamento em Keros de 4.500 anos atrás’, a exposição teve sua estreia na última segunda-feira, 24.

Ferramentas usadas por povos antigos / Crédito: Ministério da Cultura da Grécia

 

Descobertos por pesquisadores da Universidade de Cambridge, os artefatos são divididos por categorias, que variam de vida cotidiana, comércio e ‘tecnologias’ da época, com vasos e ferramentas utilizadas pelos ancestrais gregos.

“Neste promontório, os arqueólogos revelaram o santuário mais antigo da ilha, um dos sítios pré-históricos mais importantes do mundo, de acordo com Lord Colin Renfrew”, Lina Mendoni, ministra da Cultura.

“Era claramente o centro ritual mais significativo das Ilhas Cíclades no centro do Egeu desde o início de 3.000 a.C., e definitivamente quase 500 anos antes de qualquer outro centro ritual no Egeu pré-histórico, de acordo com seu outro escavador, Michael Boyd”, acrescentou Mendoni.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.