Notícias » Arqueologia

Artefatos revelam que escrita começou no Japão muito antes do que se pensava

Pesquisadores acreditam que os instrumentos iniciaram a cultura literária japonesa bem antes do século 5

Vanessa Centamori Publicado em 22/05/2020, às 10h30

Instrumento de pedra possivelmente usado na escrita no Japão
Instrumento de pedra possivelmente usado na escrita no Japão - Divulgação

A escrita surgiu no Japão centenas de anos antes do que se pensava, segundo um novo estudo, divulgado pelo Centro de Pesquisa Makimukugaku, com sede na cidade japonesa de Sakurai. 

Antes, considerava-se que o uso de caracteres escritos começou no país asiático no século 5. Porém, esse pode não ser o caso, segundo a pesquisa, que analisou mais de 150 artefatos de pedra do Período da Cultura da Cerâmica Yayoi (1000 a.C-250 d.C) e do Período Kofun (250 d.C. – 538 d.C). 

O foco do estudo, porém, foram os instrumentos Yayoi, que eram os mais antigos. Além de visitar sítios onde estavam os artefatos dessa época, os pesquisadores foram também às ruínas Makimuku em Sakurai, que foram criadas entre o início do século 3 e o início do século 4.

Artefato de pedra encontrado no Japão / Crédito: Divulgação 

 

Segundo Yasuo Yanagida, da Universidade Kokugakuin, alguns dos instrumentos de pedra encontrados nos locais podem ter sido utilizados como ferramentas de escrita. Algumas pedras eram usadas, por exemplo, para tratar a tinta utilizada na atividade literária. 

Sobre a descoberta, Tadashi Nishitani, da Universidade de Kyushu, comentou que os resultados até então têm sido bem significativos."Embora seja necessário realizar pesquisas adicionais para determinar cuidadosamente se todas as ferramentas de pedra pesquisadas são realmente placas de tinta, o estudo tem significado, pois indica o uso de caracteres generalizados no oeste do Japão a partir de pedras".