Notícias » Brasil

Arthur do Val comenta áudios vazados e publica pedido de desculpas

O deputado falou sobre a polêmica ao desembarcar no Brasil e, mais tarde, compartilhou um parecer. Confira o vídeo!

Pamela Malva Publicado em 05/03/2022, às 12h00

Imagem de Arthur do Val em seu pedido de desculpas
Imagem de Arthur do Val em seu pedido de desculpas - Divulgação/ Youtube/ Mamaefalei

O deputado federal Arthur do Val, também conhecido como ‘Mamãe Falei’, desembarcou no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), na manhã deste sábado, 5. Na ocasião, ele confirmou a autoria dos áudios em que afirmou que ucranianas são "fáceis, porque são pobres" e, em seguida, publicou um pedido de desculpas.

Nos polêmicos áudios, divulgados pelo Metrópoles e disseminados nas redes sociais na última sexta-feira, 4, do Val faz diversas afirmações consideradas machistas e misóginas. Nesse sentido, conforme apontado pelo site da Aventuras na História, o deputado federal chegou a afirmar que as ucranianas das “cidades mais pobres são as melhores”.

Diante da repercussão do caso, então, o político confirmou que os áudios são seus. Segundo o G1, no entanto, do Val pontuou que "houve um mal entendido" e que as "pessoas estão misturando os áudios com outro contexto".

Foi errado o que eu falei, não é isso que eu penso”, narrou do Val. “O que eu falei foi um erro, em um momento de empolgação.”

Acompanhado por Renan Santos, um dos dirigentes do MBL (Movimento Brasil Livre), o pré-candidato ao governo de São Paulo pelo Podemos viajou para a Ucrânia em 28 de fevereiro, com o objetivo de arrecadar doações para os refugiados ucranianos, depois da invasão da Rússia ao país — além de acompanhar o desenvolvimento do conflito.

"Pelo amor de Deus, gente, a impressão que está passando aqui é que eu cheguei lá [na Ucrânia] e falei: 'quem quer vir comigo aqui, que eu quero comprar alguma coisa'”, continuou do Val, em entrevista à imprensa. “Não é isso e eu nem poderia fazer. Inclusive nos áudios eu falo ali, ainda que de modo jocoso, de modo informal. Eu não tive tempo pra fazer absolutamente nada, eu não tive tempo para tomar banho.”

Eu fui fazer uma coisa, mandei um áudio infeliz e a impressão que passou é que fui fazer outra coisa", explicou o deputado. “Se as pessoas querem me julgar, eles têm o direito. Eu só quero que entendam que são contextos diferentes.”

“Uma coisa é o Arthur que foi lá fazer a missão. Outra coisa é o Arthur que já tinha saído [da Ucrânia, após a viagem] e mandou um áudio em grupo privado, para os amigos dele, de forma errada, descabida, não foi na melhor das posturas, é nítido aquilo”, continuou do Val. “Mas, como eu te falei, é um áudio privado.”


Vídeo de desculpas

Pouco tempo depois de retornar ao Brasil, então, Arthur do Val publicou um vídeo em seu canal no Youtube com o título "Pedido de desculpas". Na gravação, ele comenta o fato de que, em suas redes sociais, foi acusado de realizar turismo sexual, ao gravar os comentários sobre as mulheres ucranianas.

"É claro que isso arrasa qualquer pessoa. Mas, nesse caso específico eu acho que é ainda pior porque eu acabei de voltar para o Brasil", iniciou o deputado. "Eu tive a experiência mais transformadora que eu já vivi (...) E isso está sendo colocado como se eu tivesse ido arriscar a minha vida para fazer turismo sexual."

Em seguida, do Val ainda confirma, novamente, a autoria das gravações vazadas. "Os áudios são meus. Você quer falar que os áudios são escrotos? São. São machistas? São. Eu acho que, se eu pudesse resumir, aquilo é um moleque", afirmou o deputado.

Confira, abaixo, o vídeo de pedido de desculpas de Arthur do Val na íntegra: