Notícias » Entretenimento

Artista recria tapa de Will Smith e Chris Rock usando massinha de modelar

Retratando até mesmo a mudança de expressão de Jada Pinkett, o video já atingiu meio milhão de visualizações. Confira!

Wallacy Ferrari Publicado em 30/03/2022, às 11h08

Trechos do vídeo onde o tapa é recriado
Trechos do vídeo onde o tapa é recriado - Divulgação / Lee Hardcastle

Ainda dando o que falar, o polêmico tapa de Will Smith contra Chris Rockdurante a última edição do Oscar, premiação mais importante do cinema mundial realizada no último domingo, 27, foi recriado com fidelidade usando massinha de modelar pelo artista norte-americano Lee Hardcastle.

O animador é especializado na técnica stop-motion, que monta individualmente cada um dos quadros que fazem a sequência de imagens responsável por moldar um vídeo. Com direito a terninho nos bonecos, Lee ainda adiciona a cena onde Will nota a feição de desgosto de Jada Pinkett ao comentário do humorista sobre seu cabelo raspado.

Para fazer a simples animação de 26 segundos o artista levou dois dias modelando, fato elogiado nos comentários da publicação do vídeo pela riqueza de detalhes. Ele disponibilizou a retratação em seu canal oficial no YouTube, onde publica também os bastidores de animação e explica técnicas.

Veja abaixo a recriação do tapa no Oscar 2022:

Polêmica no Oscar 2022

O tapa ocorreu após o humorista brincar com a esposa do ator,Jada Pinkett-Smith: “Jada, eu te amo. Mas espero vê-la em G.I Jane 2 [suposta sequência de filme onde Demi Moore aparece careca]”, disse Rock à Jada.

A atriz, que sofre de alopecia, pareceu desconfortável com o comentário. Chris então continuou: “Essa foi das boas. Ok. Vou embora daqui”. É então queWillSmithsobe no palco e lhe dá o golpe, retorna a poltrona que ocupava e grita para que o comediante tirar o nome da esposa dela de sua boca.

Na noite do dia seguinte, o ator pediu desculpa para a organização do evento e ao humorista através de uma publicação no Instagram: "Eu gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu saí do eixo e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não foram indicativas do homem que quero ser. Não há lugar para violência em um mundo de amor e bondade".