Notícias » Turquia

Assentamentos do período Bizantino são encontrados na Turquia

A descoberta foi feita na província de Aydın e remonta há 1.500 anos

Alana Sousa Publicado em 27/10/2020, às 12h00

Vestígios do assentamento bizantino
Vestígios do assentamento bizantino - Divulgação

Na província de Aydın, lado oeste da Turquia, foram descobertos novos assentamentos do período Bizantino, que durou de 395 a 1453 d.C.. A informação foi divulgada pelo jornal da região, Daily Sabah.

"Acreditamos que existam vários pequenos povoados ao redor da antiga cidade de Mastautra, e a cisterna e a tumba que encontramos aqui são a evidência óbvia disso. Então, Mastaura era um centro e havia vilas rurais como esta. Porque as pessoas estavam engajadas em agricultura, estabeleceram uma aldeia junto a este leito do riacho”, explica o especialista Sedat Akkurnaz em entrevista à Demirören News Agency.

A missão arqueológica, liderada por Akkurnaz, da Adnan Menderes University, também revelou um reservatório de água, uma sepultura e um moinho. Segundo o pesquisador, o distrito de Nazilli — local onde a descoberta foi feita — possui uma história que remonta há até seis mil anos. Guardando detalhes e vestígios do povo que habitou a região 1.500 anos atrás.

“A cisterna e o seu isolamento interior denotam uma tecnologia mais avançada do que na altura, sobretudo pelas condições da época”, finaliza Sedat. A Turquia possui diversos sítios arqueológicos reconhecidos pela UNESCO, além de ter muitos enigmas ainda a serem revelados.